ARTIGOS

Pilates ajuda a aliviar vários tipos de dores: das articulações à cabeça

Pilates ajuda a aliviar vários tipos de dores: das articulações à cabeça

atividade física pode ser um remédio para muita coisa, até para dor. Todos estão sujeitos adores e o sedentarismo favorece o aparecimento delas. Medicamentos para alivia-las e controla-las são muitos, mas o principal pode estar no próprio corpo. 

- Jovens e adultos reclamam de dor, as mais corriqueiras são no ombro, joelho, tornozelo - conta a personal trainer Nathália Sames.

Dores de cabeças e cólicas menstruais também são comuns. Luane, 26, sofria muito com elas, mas não se exercitava. Há um ano, decidiu largar o sofá e começar fazer atividade física na academia.

- Era super sedentária, eu não fazia nada. Hoje em dia vejo que é muito importante, a minha qualidade de vida é outra.

Maria das Graças,68, divide a vida dela em duas fases: antes da academia e de seis anos para cá, quando passou a se exercitar.

- Doía tudo. Agora durmo bem, me alimento bem, namoro melhor.

A musculação alonga, fortalece o corpo, mas outras atividades também podem ser adotadas contra as dores.

Ubiraja dos Santos,66, sofreu uma queda de 5 metros, de cima do telhado de casa, e precisou operar a coluna. Há três meses se recupera graças ao Pilates.

- Melhora muito, é maravilhoso. Nunca mais eu paro de fazer. 

Gilzete Serrano, 82, tinha fraqueza muscular e sentiu melhoras desde que começou a praticar.

- Com Pilates melhorei muito.  Tanto que me deu força para não faltar as aulas.

Se exercitar é ótimo, mas é importante ter acompanhamento de ortopedista, cardiologista e fisiologista. 

- Para que isso realmente se torne benéfico, a gente tem que no mínimo pensar nesse tripé. Quem quer ter uma vida saudável tem que praticar esporte e saber separar o nível de dor. O que é patológico e o que é a dor do exercício.  – explica o ortopedista Romeu Krause.

 

Por EuAtleta.com / Rio de Janeiro

› Compartilhe este Post